Sobre as pessoas que sentem demais...



Hoje eu vim falar sobre as pessoas que sentem demais. Eu sou uma delas, só pra constar. Você não deve estar entendendo nada, não é mesmo? Pois bem! Vou te passar a explicação que meu psiquiatra querido me passou.
Tem pessoas que tem um excesso de sentimento. Isso é bom, porque elas são as mais felizes! Mas  quando sofrem, tendem a sofrer um tiquinho além da conta!
Pois bem. Vamos ilustrar:

Vejo uma menina dentro do mar! Pulando, dançando, cantando, jogando água pra cima, olhando para o céu e gritando agradecimentos ao Criador! Talvez ela tenha 5 anos, talvez 15. Talvez essa menina seja uma mulher de quase 30. Vejo uma menina abraçando e beijando como se não houvesse amanhã... Vejo ela dançando no carro! Lá está ela chorando com os fogos de réveillon... Lá está ela fechando as pistas de dança das festas de casamento! Sensível, emotiva, nostálgica! Vejo ela se entregando ao amor e agradecendo incansáveis vezes por ter sido escolhida por ele...tão raro amor!

Aquela menina que vibra tanto com  a felicidade, se despedaça inteira num piscar de olhos...
O dia nublou e o mar ficou cinza...Isso é uma metáfora, claro. Vejo aquela menina chorando porque brigou com a amiga, porque brigou com a mãe, porque brigou...e  brigar sempre  é motivo para o coração sangrar. Vejo aquela menina chorando porque o ano acabou, porque a novela acabou, também  o livro, o seriado, o sonho e aquele amor que a  fez acreditar que era pra sempre.

Ela é assim, cheia de extremos! Carrega nas costas a gratidão por ter as melhores pessoas do mundo ao seu lado e a dor de terem arrancado algumas tão cedo da sua vida. Carrega o peso do excesso, porque copos com água até a metade nunca a satisfizeram. Vejo muitas vezes, que ela fica cansada! Pensa que é fácil equilibrar esse copo transbordando todo santo dia? Ah, menina...  Tente não sentir tanto assim!

Ela costuma  ter uns ataques de sinceridade, não gosta do "e se". Tenta, "retenta" e se arrebenta! Quase nunca se arrepende , mas quando se arrepende, pode crer que é de coração. É  fiel principalmente à ela mesma. Não gosta de se desrespeitar, de se machucar. E quando isso, inevitavelmente, acontece, faz despertar uma dor aguda e chatinha.

Já vi ela perder a fome, perder o sono e perder a aula. Perder trabalho e perder a fé por alguns momentos!  Mas quando tudo volta, te falo que volta com tudo! Ela sabe que Deus não daria uma cruz mais pesada do que ela pode suportar! E se tem excesso de sentimento, é porque tem excesso de coração. Ouvi dizer que outro dia ela marcou a pele... Que é pra você nunca, nessa vida, se esquecer da força que você tem, menina...







Um comentário: